domingo, 9 de janeiro de 2011

Ao som das caçarolas: SENTEI-ME À SOMBRA.

video

SENTEI-ME À SOMBRA
Sentei-me à sombra de Quem desejava,
Oh, que sombra tão celestial!
Oh, que sombra tão celestial!

S. Teresa
(Meditação sobre o Cântico dos Cânticos 5, 1; Cant 2, 3)